O intercâmbio é uma experiência tão especial que 1 segundo perdido faz falta.

É importantíssimo um bom planejamento e conhecer os objetivos para usufruir das riquezas que se encontra em um intercâmbio.

Por isso, listamos aqui alguns erros que podem gerar arrependimentos pós intercâmbio, e você sabe, o tempo não para, o tempo não volta.

Erro 1

Não ter em mente de forma clara os objetivos que foi buscar

Mesmo que seu intercâmbio seja de 1 ano, o tempo voa, não pense que você tem tempo a perder.

Acaso seu foco seja se tornar fluente, comece no primeiro dia, no minuto um, ainda no aeroporto.

Se seu objetivo seja viajar, conhecer novos lugares, conheça o ambiente de sua comunidade, as regras, seus direitos e deveres e depois, aproveite cada minuto possível.

Como disse, acredite, vai faltar tempo, depois não diga que não avisei.

Erro 2

Deixar de viver no idioma local

Independente de seus objetivos, é muito fácil procrastinar ou fugir de algo que entendermos ser desafiador.

Falar Inglês é um desafio diário, não é algo que aprendemos de um dia para o outro.

Claro que, não há melhor maneira de aprender um novo idioma do que praticando, conversando com nativos em todos momentos possíveis, e aí é que está a questão.

O medo de se expor, puxar assunto, participar das rodas de conversas se torna desafiador.

Ter receios de julgamentos e críticas, isso pode fazer com que você trave, se isole, o que não é necessário.

No ambiente de um intercâmbio, já é sabido das dificuldades no idioma de muitos voluntários. Lá é um local de ajuda mútua, sendo assim, os erros são compreensíveis.

Errou? Divirta-se com eles.

Se seu objetivo é falar fluentemente o idioma, esqueça o português e se aventure, mostra que quer aprender, privilegie amizades com quem domina o idioma e aproveite ao máximo.

Erro 3

Montar grupos com maioria de brasileiros

Esse erro é muito comum com o intercâmbio via agências.

Normalmente se vende programas de intercâmbio com aulas no exterior. Ainda há a cultura da sala de aula.

É claro que ajuda, mas, imagine uma sala de aula com 50% de alunos brasileiros. Muitos brasileiros próximos, o resultado é festa, passeios e diversão.

A língua falada? Português.

E lá se vai o aprendizado.

Sendo assim, estando no exterior, se desafie a somente falar o idioma nativo, mesmo que você só saiba o mínimo.

Complemente seus estudos. Com ajuda da tecnologia se consegue facilmente.

A realidade hoje é se tornar um autodidata em tudo quanto for possível, é mais barato. Aprenda de forma online com filmes, aplicativos, programas gratuitos de aprendizado enfim, use sua imaginação, mas, não aceite voltar sem a fluência.

Erro 4

Não aproveitar ao máximo seu intercâmbio

O fim de seu período em intercâmbio vai chegar. Você promete concluir sua lista de desejos?

Um aviso, para conseguir desfrutar de tudo é necessário ter energia, é fundamental intensidade, desde o primeiro minuto, porque vai passar.

O passeio de hoje jamais deixe para amanhã.

Jamais fique em seu quarto tendo a disposição uma conversa, um lazer ou uma visita. Dê um chute no cansaço.

Faça valer a pena cada segundo!

Erro 5

Não desfrutar da cultura local

Esteja certo de uma coisa, estando em outro país, a cultura é diferente.

É tudo diferente, os cumprimentos, a comida, o comportamento, sendo assim, não cometa o erro de comparar com a cultura brasileira e aprenda a conviver e aceitar o que é diferente.

Lembre-se, não há certo ou errado, os costumes são outros, apenas aceite.

Erro 6

Não insistir com a comida

É muito difícil a permanência em vários países devido a comida.

Devido ao clima, a região, os costumes enfim, a comida é diferente, mas entenda, a melhor refeição é a que você tem em casa.

O conselho é: se permita conhecer novos universos, novos temperos, novos modos de vida, novos hábitos.

Isso é cultura!

Uma regrinha que vale a pena, não só estando em outro país, mas visitando qualquer Estado no Brasil, visite o mercado municipal local, é o melhor lugar para você conhecer a tradição alimentar da região.

Tente, experimente novos sabores e texturas, se adapte, acaso não goste, se dê uma nova chance.


Leave a Reply

Your email address will not be published.

*

code